28 de jul de 2007

Como contratar um designer...

Para você que tem dúvidas sobre como contratar um profissional da área, aqui seguem algumas informações que podem te ajudar:
Os Designers de Interiores são remunerados, basicamente, pela elaboração do projeto e pela administração da obra. Para calcular os valores da remuneração para a criação do projeto (estudo preliminar, ante-projeto e projeto-executivo) toma-se como base o tamanho da obra em metros quadrados, o tipo de projeto (residencial, comercial e seus segmentos) e a quantidade de desenhos, estabelecendo-se um valor em Reais pela metragem correspondente.

Já a Taxa de Administração de obra é calculada aplicando-se um percentual que varia entre 10% e 15% aplicados sobre o valor de todos os produtos e serviços gastos para a sua realização.

Outras modalidades de remuneração são: a Consulta cobrada por hora técnica e a visita à obra, também calculada por hora.

Os Designers de Interiores recebem de fornecedores uma remuneração denominada Reserva Técnica pela especificação de seus produtos e serviços. Essa prática aprovada pela ABD - Associação Brasileira de Designers de Interiores - deve acontecer sob rígidas condições éticas e não implicar em qualquer prejuízo de ordem técnica ou econômica para o Cliente.

Se você está buscando um Designer de Interiores dê preferência a um profissional associado a ABD. Essa é uma garantia de contratar um profissional com qualificação assegurada.

A ABD congrega, também, empresas fornecedoras de produtos e serviços que fabricam e/ou comercializam mobiliário, acessórios, revestimentos, iluminação entre outros diversos itens.

FONTE: ABD (Associação Brasileira de Designers de Interiores)

16 de jul de 2007

Projetos - Estante C

Fazer um projeto é bem mais legal do que assistir a um sendo feito, pois os processos de confecção e projeção são o que realmente criam um diferencial do produto.
Esta estante é um dos meus projetos mais recentes como Designer de Móveis, a Estante C. O nome "C" é porque ela tem vários, percebidos entre as prateleiras e no seu desenho como um todo. A parte de baixo da estante é um gavetão, com divisórias móveis, que serve para armazenar CDs e DVDs, revistas e qualquer outro objeto que o cliente necessite.
O que eu mais gosto em realizar esses projetos é a fluidez com que eles são desenvolvidos. Dá mais trabalho fazer a representação gráfica do que pensar no projeto e em suas funcionalidades.

4 de jul de 2007

A profissão do Designer...

O design de interiores, confundido por vezes com decoração de interiores, é uma técnica cenográfica, visual e arquitetônica de composição e decoração de ambientes internos (cômodos, casas, residências, escritórios, palácios etc.).
Consiste na arte e prática de planejar e arranjar espaços, escolhendo e/ou combinando os diversos elementos de um ambiente estabelecendo relações estéticas
e funcionais que dependam do fim a que este se destina.
O Tecnólogo em Design de Interiores projeta ambientes, utilizando e combinando cores, materiais, texturas e dispondo móveis e acessórios. Ele estuda em detalhes da área a ser criada ou reformulada, monta o orçamento e o cronograma da obra, desenha elementos que vão compor esse espaço, a disposição dos móveis, escolhe os adornos e revestimentos de pisos, paredes e tetos, sempre atento ao desejo do cliente, à estética e a funcionalidade do local. Pode projetar também salas comerciais, residências ou espaços em bancos, escritórios, consultórios e lojas. Esse profissional costuma trabalhar como autônomo, mas pode atuar, também, como funcionário de empresas especializadas em decoração e design de interiores ou ainda como consultor em lojas de móveis.


- Descrição segundo o site Wikipedia, a enciclopédia livre.