2 de nov de 2009

8ª Bienal de Arquitetura em SP

Megaeventos e futuro sustentável são temas da 8ª BIA em SP

O impacto da realização de megaeventos nos centros urbanos será o tema central da 8ª Bienal Internacional de Arquitetura (BIA), que vai de 31 de outubro a 6 de dezembro no Parque Ibirapuera, em São Paulo (SP). A organização espera um público de 400 mil pessoas, o dobro do público da edição de 2007.

Com o tema "Ecos Urbanos", a Bienal deste ano se propõe a abordar quatro conceitos: espacialidade, conectividade, originalidade e sustentabilidade. "Queremos falar sobre a responsabilidade do arquiteto na concepção dos espaços coletivos. Mesmo a construção com finalidade social tem de ter originalidade, conectar a malha urbana e ser pensado em sua totalidade", explica Rosana Ferrari, presidente-executiva da 8ª BIA.

Workshops e um Fórum Permanente de Debates, com a presença de nomes importantes da arquitetura internacional, a exemplo do suíço Jacques Herzog, do espanhol Jordi Farrando e dos portugueses Nuno Portas e Manuel Graça Dias, serão duas das principais atrações da edição deste ano. Tendo como base o cenário brasileiro atual e experiências anteriores com megaeventos, a exemplo dos Jogos Olímpicos de Barcelona-1992, será avaliada a qualificação das cidades-sede dos jogos da Copa de 2014, em termos de planejamento urbano, transportes, logística, passando pela arquitetura de novos edifícios, iluminação, mobiliário, interiores e paisagismo.

"Teremos painéis, maquetes e constantes discussões sobre a consequência da realização de grandes eventos para os países. Queremos falar do legado positivo e o passivo deixado pelas construções e evitar os chamados 'elefantes brancos', em que o uso fica ocioso e comprometido", disse Rosana.

Nesta edição, a BIA também terá uma exposição de projetos de estudantes de arquitetura com o tema "Quiosques Sustentáveis" para parques; exposições internacionais de países como Alemanha, Estados Unidos, França, Holanda, Hong Kong, Itália e Portugal. Além disso, serão apresentados projetos da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, uma mostra da Pirelli em comemoração dos 80 anos da marca no Brasil, e um projeto educativo para crianças e adolescentes em parceria com o Instituto Tomie Ohtake.

"Bienal sustentável"
A organização da Bienal de Arquitetura prevê a utilização de materiais sustentáveis nas próprias instalações do evento, cujo resíduo gerado após a desmontagem será reciclado. Conversas sobre inclusão social de portadores de necessidades especiais e geração de emprego e renda para a população local também estão previstas.

Serviços:
De 31 de outubro a 6 de dezembro de 2009
Terças a quintas, das 12h às 22h; sextas, sábados domingos e feriados, das 10h às 22h
Pavilhão Ciccillo Matarazzo, Fundação Bienal, Portão 3 do Parque do Ibirapuera
São Paulo-SP (Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº)
R$ 12 (estudantes, idosos e crianças de 7 a 12 anos pagam meia-entrada).
Grátis para crianças até 6 anos e, às terças-feiras, para todos os públicos.
Visitas de escolas com agendamento prévio gratuitas às terças e quartas-feiras.
Informações: www.bienalinternacionaldearquitetura.com

EU VOU ESTAR LÁ AINDA ESSE MÊS, E COLOCO AQUI NO BLOG TUDO PARA VOCÊS :)

OBS: Informações e fotos retiradas dos sites: www.bienalinternacionaldearquitetura.com e http://entretenimento.uol.com.br/ultnot/2009/10/30/ult4326u1426.jhtm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para dúvidas, sugestões, comentários ou qualquer outra informação que achar importante, deixe sua mensagem aqui!